Blog Te Dou um Dado?

Daquele jeito

Esta semana tem sido prolífica pra gente. Depois do retorno retumbante de nossa musa, Leila Lopes, aparece uma dilicinha de entrevista da nossa deusa, a Narcisa.

Ai, que delícia

A Quem fez várias perguntas ótimas, sobre jogar ovos nos outros, sobre trabalho – ou a falta dele, sobre quem é ela na noite (audácia), e tal. Se você quiser ler inteira, clique aqui que vale a pena.

Mas a gente se babou toda mesmo quando leu a seguinte declaração, sobre o baile do Copa e aquele vídeo maravilhoso:

Se eu colocaria aquela entrevista que dei ao Amaury Jr. no livro? Claro que colocaria. Colocaria como ‘Ai, que Absurdo de Entrevista!É um absurdo alguém entrevistar uma lady depois das 4h da manhã! Ainda mais em um baile de Carnaval. Mas, sabe, aquele baile era tão ‘carão’. Não fiz ‘carão’ como a maioria das pessoas que estavam lá. Pelo menos eu me diverti. Falaram que só quem se divertiu fui eu. Sabe, eu nem bebi muito. Tomei uma ou outra taça de champanhe. Não sei por que fiquei daquele jeito. Já nem lembrava que tinha dado a tal entrevista! Acordei e vi que tinha quebrado os dois dedinhos do pé direito, sem nem lembrar como. Acho que pisaram em mim. Mas não vamos chorar sobre o peito derramado.”

A gente também não sabe por que ela ficou daquele jeito, mas agradecemos profundamente por ela ter ficado daquele jeito e pelo Amauriãmm, que a entrevistou daquele jeito. E pedimos encarecidamente: Narcisa, não mude aquele jeito nunca. Porque aquele é o jeito que a gente gosta.

by Urgh.us