Blog Te Dou um Dado?

O mais engraçado dessa história toda do Ronaldo com as travecas é que uma delas é a CARA dele. Presta atenção:

Não é o Ronaldinho junto do Ronaldinho de peruca? Tipo aqueles esquetes que o Didi Mocó fazia dublando música, ele contracenando com ele mesmo vestido de mulher.


Para ler assistindo: Didi de Bethania.

Rola uma numeróloga no portal do Leão Lobo que todo dia faz o mapa de uma pessoa diferente e a gente adora porque ela só escolhe celebridade classe A. O escolhido do dia foi Dedé Santana:

E Dedé Santana lá tem meta? Meta do Dedé Santana = se vingar de Didi Mocó.
A gente num guenta o Ego.


Naonde, onze anos longe do estúdio? E The Body? E At Last? E Shine? Tudo isso foi de 2003 pra cá. Cortem a cabeça desse estagiário.

Voltando às boas novas, dia 27 de maio Cyndi tá lançando o álbum “Bring Ya to the Brink”, na onda gay-friendly em que ela tá amarradona desde a turnê True Colors, que visitou 15 cidades em 2007, junto com Deborah Harry, B-52s, Erasure, Rosie O’Donnell, Indigo Girls e até o Carson do Queer Eye.

Shine, na mesma vibe, é um cd mais foda que esse, mas esse vale a pena por causa da capa – megafoda – por Annie Leibowitz, a mesma que dia desses mandou Hannah Montana tirar a roupa para a Vanity Fair, provando que no mundo das celebridades todas as notícias estão interligadas, no melhor estilo seis graus de separação.

Palhinhas das faixas aqui.

Responda rápido: quem é famoso de verdade e quem é sub-celebridade?

Qualquer semana que começa com famoso sendo preso com travesti promete. Parece que todo mundo fica em polvorosa, tentando bater a notícia. A gente agradece.

Por conta da confusão e do barulho causado pela chegada dos artistas ao Prêmio Contigo!, realizado no hotel na noite desta segunda, 28, os moradores dos prédios ao lado começaram a jogar ovos na entrada do hotel. E um deles acertou a atriz em cheio. “Me machucou a boca e tive que ir correndo para o banheiro limpar o vestido e refazer o penteado. Foi tudo muito violento”, lamentou Goreth.

Fica a pergunta: essa foto foi antes ou depois dela refazer o penteado?


Cinco conto que foi a Narcisa que tacou esse ovo. Certeza.

Essa foto aí de cima é da gravação do filme “I love you, Philip Morris”, que além de Jim Carrey e Santoro ainda conta com Ewan McGregor.

Mas esse post é só pra falar que putaqueopariu, que ba-ca-lhau que tá o Santoro, hein. Maior embarangada da história da telenovela brasileira depois de… sei lá, Kadu Moliterno? Nah, Kadu Moliterno sempre foi barango. Então tá em primeiro, Santoro. Vai que é tua.

Pra quem chiar que “Santoro é lindo de qualquer forma”, a gente ressalta que em que mundo você olharia Carrey e Santoro juntos e pensaria que tá pau a pau?

Reflitam.


Ashton Kutcher quis provar, em suas próprias palavras, que (sic) quando todo o resto é muito bonito, alguma coisa sai errada. E daí ele tirou o sapato no Friday Night with Jonathan Ross e mostrou que, ó céus – que chocante, tem dois dedos no pé colados:


A gente sabe que não deveria fazer esse tipo de comentário, mas milarrrrrrrga: Quer provar que “quando todo o resto é muito bonito, alguma coisa sai errada”? Então mostra teu gêmeo, Ashton:

Vai querer competir dois dedinhos colados com uma paralisia cerebral?
by Urgh.us