Blog Te Dou um Dado?

De acordo com o site Consultor Jurídico, a RedeTV! terá que indenizar em R$ 5 mil um operador de câmera que trabalhou na emissora e foi apelidado de Toddynho por Monique Evans, na época do programa Noite Afora. A decisão é da 1ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho. A apresentadora do programa Noite Afora costumava chamar o funcionário de “Toddynho” ou “Nescauzinho” porque, segundo Monique, “é marronzinho e tem um canudinho pequenininho”. O câmera afirma que as brincadeiras causaram grave crise em seu casamento e em suas relações familiares.

ca-nu-di-nho


A gente não sabe por onde começar a comentar essa notícia. Primeiro, a gente achou o apelido genial. Segundo, a gente adora que a decisão é da “Turma do Tribunal” – dá mesmo uma cara superadulta à decisão.

E, melhor de tudo, por que caralhos o apelido causou uma grave crise em seu casamento? Tipos que a gente quer saber qual foi a surpresa pra mulher dele, ele ser marrom ou ele ter canudinho.


Fernando Fernandes continua investindo em sua carreira de marginal:

Do Extra Online: Está virando moda. Depois de Rômulo Arantes Neto, Lui Mendes, Gabriel Braga Nunes e Ronaldo, ontem foi a vez de Fernando Fernandes, ex-“BBB 2″, se envolver com travestis. O modelo e ex-namorado de Danielle Winits foi parar na 3ª DP de São Paulo, acusado de agredir o transexual Camila, de apenas 17 anos. Com três pontos na testa, o travesti contou sua versão da confusão no programa “A tarde é sua”, de Sônia Abrão, na Rede TV!. “Ele tinha feito um programa com uma ‘amiga’ minha e depois voltou para me pegar na rua. Disse para eu entrar no carro e perguntou quanto era o programa. Falei que custava R$ 50. Depois do programa, ele não quis pagar, dizendo que não disse que pagaria e me mandou descer do carro. Na hora puxei a chave do carro e ele começou a me agredir com um soco inglês. Consegui sair correndo, pedindo socorro pela rua, e me escondi num posto de gasolina. Ele gritava que se eu não desse a chave de volta ele iria me arrebentar de porrada. Ele estava louco. Meu rosto ficou lavado de sangue”, disse Camila.

Em entrevista à Rede TV! na porta da delegacia, onde foi registrado um boletim de ocorrência por lesão corporal, Fernando garantiu que foi roubado: “Não agredi ninguém. Quem bateu nela foi o flanelinha. Ela tentou levar meu carro”.


*Bocejo*. Essa onda de bater em travesti tá para as celebridades decadentes brasileiras o que foi o sair sem calcinha para as celebridades decadentes gringas no ano passado.

Olha, essa semana não tá fácil não. Nada acontece. Nada digno de nota, pelo menos. Vejamos:

Tony Ramos comprou revistas com a esposa…

Maria Fernanda Cândido jantou com o marido…

Luana Piovani estocou prozac….
E Danton Mello tentou pegar no pau de um coleguinha….

O jeito é torcer para alguém ser preso com travesti semana que vem ou Britney voltar para o manicômio, porque tá foda.

NO EGO:

NO TE DOU UM DADO?:

by Urgh.us