Blog Te Dou um Dado?

Olha, se tem uma coisa que a gente tem certeza é de que o mundo seria muito mais divertido caso nego pesasse a mão na edição de textos como pesa na de imagens. Por exemplo? Veja a entrevista de Luciano para a Quem. Não está chaaaata?

Agora veja a mesma entrevista depois da edição do TDUD?, e responda rápido: qual é mais divertida?


“Gente, coloquei meu anel na mão errada”, ri Luciano, que relembrou os momentos difíceis como a cirurgia nas pregas do irmão Zezé Di Camargo. “Foi muito triste. De repente, o Zezé parou de brincar, não era mais feliz”, diz Luciano, que fez uma cirurgia no intestino no começo do ano.

QUEM: Você é ciumento?

Luciano: Lógico. O Brad Pitt é o cara de quem eu tenho mais ciúme. Cheio de pérolas.

QUEM: Pensa em ser pai outra vez?

Luciano: Tive meus momentos de homem sério, mas qualquer um vira gay depois do sucesso.

Cirurgia nas pregas? Pergunte-nos como.

Da Folha Online:

Durante uma conversa com a cantora Danni Carlos na madrugada desta quinta-feira (23), o ator Dado Dolabella contou que, em uma viagem aos Estados Unidos, roubou “uns sete tênis” de uma loja.

Ao falar de roubo, Dado resolveu contar o que fez durante uma viagem aos Estados Unidos quanto tinha 12 anos.

“Eu era aficionado por tênis, tênis novo. Aí, eu fui para os Estado Unidos uma vez, quando tinha 12 anos. Eu entrava na loja, vestia o sapato novo, pegava o meu usado e colocava na caixa do sapato. Aí, ficava olhando, olhava no espelho e saía andando. Saí uma vez. Aí, fui e voltei, levei uns sete tênis. Na outra semana eu tinha sete ou oito tênis em casa”, afirmou o ator.

Dado ainda contou que, no último dia de viagem o segurança da loja descobriu o truque. “Ele me deu um esporro. Disse que iria me levar pra polícia, que eu ia ser deportado. Aí eu comecei a chorar e ele ficou com pena de mim.”

Após contar o episódio, o ator disse que nunca mais fez nada parecido. “Tenho o maior medo. Eu chorei desesperado”, contou.

A gente adora quando a pessoa decide parar de roubar tênis para começar a bater em mulher. Nossa sorte é que não deletamos os logos de nossas campanhas e em casos como esse é só fuçar os arquivos. Sendo assim, deixamos mais uma vez a pergunta desse dilema moral com vocês: 

by Urgh.us