Blog Te Dou um Dado?

Naiá foi pro museu de cera Madame Tussauds de Londres, mandou as fotos pro Ego e… é aquela opção de entretenimento para esse finzinho de fim de semana.

Enquanto vocês se divertem vendo o álbum, reparem no CONSTRANGIMENTO LATENTE DAS ESTÁTUAS DE CERA com a presença da Naiá. Sim, você não leu errado, duvida?

Você sabe que não é lá muito bem vinda quando uma ESTÁTUA DE CERA faz uma cara dessas:

Do Ego: Irislene Stefanelli beija bandeira de escola de samba em ensaio na Leandro de Itaquera.

Hmmmm… beijar a bandeira? A foto não mostra exatamente isso. O diabo loiro teve a PEDÂNCIA de botar a mão na frente pra não encostar a boca no tecido da bandeira. Quer dizer.

Alô, Dona Irislene Stefanelli. Você pode até querer não lembrar – e a gente não pode nem te recriminar -, mas que tu já beijou coisa beeeem pior, ah, já beijou.

Dessa bandeira tu beijou até o mastro
Do Ego:

“Ser atriz foi uma surpresa para mim. Não escolhi a profissão, ela que me escolheu. Um dia não era ninguém e em outro era a Ana do Véu”, disse referindo-se a sua primeira personagem na novela “Sinhá Moça”.

Curioso. Imaginem comigo a seguinte situação hipotética:

Menina 1 está na praça de alimentação de um shopping comendo um Big Mac quando chega alguém com um contrato, sei lá, da Ford e pergunta se ela não quer ser modelo.

Menina 2 passa anos levando o book na mesma Ford até conseguir uma chance.

As duas são modelos, mas só uma pode se dar ao luxo de dizer que não escolheu ser modelo, a profissão que a escolheu, certo?

Então. É meio curioso a Isis Valverde dizer para o Ego que ser atriz e famosa “foi uma surpresa”, mas para a revista Gloss dizer que ficou um ano ralando no Rio, justamente tentando ser atriz e famosa:

Nada não. A gente só acha curioso mesmo a pessoa esquecer um ano inteiro da própria vida e acreditar que um belo dia acordou e a fada do sucesso a transformou em atriz. Curioso.
by Urgh.us