Blog Te Dou um Dado?

A gente tem a impressão que galera atualmente tá numa vibe meio bizarrona, confundindo coisas sexy e sensuais com coisas meio freaky. Tipo nega divulgar foto em banheira cheia de chocolate dando a impressão que tá nadando no cocô, tipo o namorado da outra divulgar foto da cirurgia de olho dela.

Tipo a Mulher Jaca melada, sabe:

 

(Tão sexy quanto uma depilação na virilha)

 

Pra fechar com chave de melda, a declaração da moça:

– Entrou em todos os lugares e colou tudo. Na hora de tirar, tive que contar com ajuda do meu marido.

Quem visualizou o marido da pessoa colocando ela em cima do trocadorzinho, levantando as perninhas e limpando a sujeirada com lencinho de bebê?

Apenas parem.

Uma amiga minha pegou um semi-famoso alguns anos atrás e ele broxou. Daí quando foi anunciado o divórcio dele tivemos o seguinte diálogo e achei a história maravilhosa demais para não compartilhar com vocês:

– Menina, você viu que ______________ e ________________ se separaram?

– Viiii. Fiquei mal, acreditava nesse casal.

– Pois é, eu também acreditava. Eu acho que a culpa foi da tatuagem que ele fez da cara dela. Não tem casamento que resista.

– Que tatuagem?

– Nossa, o rosto dela na coxa. Dá um google, é grotesca. Quero ver o que ele vai fazer com essa monstruosidade agora, se fosse ele pedia perdão e voltava pra casa.

– Não sabia dessa. Ele é desses mesmo então, porque ele tinha uma pra namorada do lado do pau que dizia “minha pequenininha não sei o que lá”.

– hahaha

– Inclusive, ele usou a tattoo pra justificar a não ereção.

– Como assim?

– Ele não falou exatamente que não subiu pela tattoo, falou que a tattoo era pra ela e falou que não tava subindo porque tava pensando nela. Queria muito lembrar o resto, era tipo um poema.

– Que romântico!

– É bom que como não tinha serventia aquele pau mesmo, pelo menos eu tinha algo pra ler.

Tem muita coisa pra falar sobre a foto escolhida para a chamada sobre a Karina Bacchi não, viu, site da Quem? Só parabéns ao editor de fotografia mesmo.

 

Coerência foto+legenda é tudo

(Valeu o print, Andreia)

Ainda se confunde na hora de decidir se alguém é celebridade ou sub? A gente explica mais uma vez:

Viu um fotógrafo e se escondeu? Celebridade.

 

Viu um fotógrafo e  SUBIU EM CIMA DO BANCO DO SHOPPING REBOLANDO? Subcelebridade.

Não tem erro.

Hoje deve ser Dia Internacional do Oxiúro, e Cauã Reymond quis homenagear a data e contribuir para a pauta do TDUD.

 

 

Pecado a carinha de esforço pra achar o troço.

A gente bem achava que ele carregava um tufão, mas pelo jeito é só um jorginho mesmo.

Inception que é inception mesmo tem Ivete Sangalo futucando a tchebs em lançamento de lingerie com seu nome.

 

 

Cadê assessor nessas horas pra avisar Ivetão pra não raspar a virilha um dia antes, gente?

No Ego:

Esqueçam casas na praia e iates, nosso novo sonho de consumo é uma calça que leve o nome de Jaque Khury. Já pensou que maravilha? Se bater uma diarreia em vez de dizer que cagou nas calça você pode dizer que cagou na Jaque Khury. S-o-n-h-o.

Pergunta: Como você sabe que subiu vários degraus na escada da fama?

Resposta:

Quando, em vez de usar, você começa a ser usada.

No Extra:

Em uma palavras? Risos.

rs

Das maravilhas da televisão ao vivo: Você faz uma piada tão ruim, mas tão ruim, que ninguém entende.

Que indelicadeza, Sandra.

by Urgh.us